Wednesday, June 02, 2010

Cântico do WC

Poderia ser apenas mais um texto,
um odor que perfuma as entranhas
dessa criatura que um dia
olhou para as suas mãos e perguntou ao vazio
o porque das lágrimas secarem
esse fenómeno que surge
nas mais estranhas circunstâncias
perfura a tormenta
dos calores que não alenta.
Por entre paredes de silêncio
surge a luz
que apenas encandeia.
Voraz e sublime
por entre cânticos nocturnos.
É assim que vivo...
Ou talvez...
Não.

No comments: